Valdir Espinosa, técnico campeão mundial com o Grêmio, morre aos 72 anos no Rio

Espinosa também foi técnico de várias equipes nacionais

Valdir Espinosa, técnico que conduziu o Grêmio as campanhas vitoriosas na Copa Libertadores e no Mundial de Clubes de 1983, morreu aos 72 anos, nesta quinta-feira (27), no Rio de Janeiro. A informação da morte foi confirmada pela diretoria do Botafogo, clube onde o veterano exercia o cargo de gerente de futebol.

Além dos títulos da Libertadores e do Mundial, também foi campeão Estadual em 1986 e mentor do maior jogador da história gremista: Renato Gaúcho. A geração que comandou ainda contava com nomes como Mario Sérgio, Hugo de León e Paulo Cézar Caju.

Natural de Porto Alegre, Espinosa estava internado desde o dia 20 de fevereiro após complicações decorrentes de uma cirurgia no abdômen, ocorrida no último dia 17. O velório será nesta quinta-feira, de 15h às 22h, no Salão Nobre da sede botafoguense, no Rio.

Fonte: ESPN

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo